sexta-feira, 1 de abril de 2011

O SACRIFÍCIO DE DAMA


OS GRANDES SACRIFÍCIOS DE DAMA

O espetacular sacrifício de dama é uma das manobras que mais deleite e admiração produzem entre os aficcionados e que provoca maior vibração entre o público que presencia uma partida onde se realiza tal classe de combinação. A entrega da dama se efetua quase invariavelmente quando o que executa a manobra há calculado com precisão as conseqüências imediatas e tem a certeza de obter em seguida a posição claramente ganhadora, sendo contadas as ocasiões em que se realiza um sacrifício de posição. É muito frequente a entrega da dama em troca das duas torres, pois isso deixa de ser uma combinação, pois é simplesmente a troca de valores. Já é sabido que duas torres são equivalentes a uma dama e em muitos casos, especialmente no final sem outras peças, resultam mais poderosas. Sem embargo, em algumas oportunidades se há efetuado o sacrifício de dama sem que se vislumbre uma definição mais ou menos imediata e é precisamente em tais ocasiões onde se põem de manifesto o grande mestre, que sabe calcular profundamente as alternativas e possibilidades de uma posição complexa e chega a ver com claridade uma situação de mate o que resulte desastrosa para o adversário. Começaremos a tratar o tema com a presentação de vários exemplos simples e instrutivos para o estudante e logo passaremos a ver lúcidas combinações, algumas das quais adquirem hierarquia de obras de arte, pela beleza de suas concepções. Vejamos o primeiro exemplo.

Lilienthal - Capablanca

Hastings Londres, 1935

O jovem grande mestre húngaro Lilienthal e o ex-campeão mundial José Raúl Capablanca. Frente a tão qualificado adversário, Lilienthal realizou uma brilhante manobra baseada no sacrifício de dama, o que proporciona uma merecida e elegante vitória. O jogo seguiu assim: 1.exf6! Dxc2 2.fxg7 Tg8 3.Cd4 De4 não há nada melhor que isso. [3...Db2 as brancas ganham com 4.Tae1+ Ce5 5.Txe5+ Rd7 6.Td5+ Re8 7.Te1+] 4.Tae1 Cc5 5.Txe4+ Cxe4 6.Te1 Txg7 7.Txe4+ e as pretas abandonaram. 7...Rf8 [7...Rd7 8.f6 Tg6 9.Te7+ Rd6 10.Cb5+ Rc5 11.Ca7+-] 8.Ae7+ Rg8 9.Af6 Th7 10.Cc6 1-0


Torre,Carlos - Werlinski

Moscou, 1925

A falta de conexão entre as peças pretas e o desmantelado flanco rei preto permitem a manobra final que efetua Torre. 1.Axg6 Axg3 [1...Cxg6 2.Tf7] 2.Af7+ [não serve 2.Tf7 ,por causa de 2...Axe5] 2...Rh8 3.Axe8 Axf2+ 4.Txf2 e ganham. 1-0


Torre,Carlos - Lasker,Emanuel

Moscou, 1925

Esta famosa combinação do "Moinho de Vento", foi jogada pela primeira vez pelo campeão mexicano Carlos Torre contra o famoso campeão do mundo Emanuel Lasker. A dama branca está cravada pelo seu bispo em g5, mas uma relativa cravada, pois mais absoluta importância é a cravada sobre o rei! 1.Af6! Dxh5 2.Txg7+ Rh8 3.Txf7+ Rg8 4.Tg7+ Rh8 5.Txb7+ Rg8 6.Tg7+ Rh8 7.Tg5+ Rh7 8.Txh5 Rg6 Lasker luta ingenuamente a fim de recuperar a peça perdida, mas a vantagem material das brancas é decisiva. 9.Th3 Rxf6 10.Txh6+ com material decisivo de vantagem. 1-0


Bernstein - Capablanca

Moscou, 1914

Esta clássica posição é arrematada com muita elegância e beleza, explorando o tema da fraqueza na última fila. 1...Db2! nesta posição as brancas abandonaram. [As pretas poderão ter melhor jogo depois de 1...Db1+ 2.Df1 Dxa2 (não 2...Td1?? 3.Tc8+ com mate ) ] 2.Tc8!? [2.Tc2 Db1+ 3.Df1 Dxc2; 2.De1 Dxc3 3.Dxc3 Td1+ 4.De1 Txe1#] 2...Db1+ 3.Df1 Dxf1+ 4.Rxf1 Txc8 0-1


Adams - Torre,C.

Nova Orleans, 1920

1.Dg4! Db5 [1...Dd8 2.Dxc8] 2.Dc4!! Dd7 3.Dc7!! Db5 4.a4! [4.Dxb7? Dxe2! 5.Txe2 Tc1+ 6.Te1 Tcxe1+ 7.Cxe1 Txe1#] 4...Dxa4 5.Te4! Db5 6.Dxb7! as pretas devem entregar a sua dama para evitar o mate na última fila. Esta é talvez a mais famosa de todas as combinações baseadas no tema "mate na última fila". 1-0

 Anderssen,A - Dufresne,J [C52]

"A Sempre Viva" Berlin, 1852



1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.Ac4 Ac5 4.b4 Axb4 5.c3 Aa5 6.d4 exd4 7.0-0 d3 8.Db3 Df6 9.e5 Dg6 10.Te1 Cge7 11.Aa3 b5 12.Dxb5 Tb8 13.Da4 Ab6 14.Cbd2 Ab7 15.Ce4 Df5 16.Axd3 Dh5 17.Cf6+ gxf6 18.exf6 Tg8 19.Tad1 Dxf3 20.Txe7+ Cxe7

Esta posição é da famosa partida conhecida como "A Sempre Viva" que surgiu da abertura do Gambito Evans. 21.Dxd7+ Rxd7 22.Af5+ Re8 [22...Rc6 23.Ad7#] 23.Ad7+ Rf8 24.Axe7# 1-0



 Anderssen,A - Kieseritsky,L [C33]

"A Imortal" Londres, 1851

1.e4 e5 2.f4 exf4 3.Ac4 Dh4+ 4.Rf1 b5 5.Axb5 Cf6 6.Cf3 Dh6 7.d3 Ch5 8.Ch4 Dg5 9.Cf5 c6 10.g4 Cf6 11.Tg1 cxb5 12.h4 Dg6 13.h5 Dg5 14.Df3 Cg8 15.Axf4 Df6 16.Cc3 Ac5 17.Cd5 Dxb2 18.Ad6 Dxa1+ 19.Re2 Axg1

20.e5! Ca6 21.Cxg7+ Rd8 22.Df6+! este é o momento do adeus à dama: as pretas têm ao todo um stock de munição, e as brancas somente tem sua dama e três peças ligeiras, pois é mais do que suficiente. 22...Cxf6 23.Ae7# 1-0


 Korchnoi - Peterson

XXXII Campeonato da URSS, 1965

Pelo ataque sacrificaram as brancas uma peça, com uma bela combinação culminam agora a luta: 1.Dg7+ Re8 2.Dxe7+!! neste movimento consiste a idéia combinatória das brancas, ou seja a atração. Atraem ao rei preto a casa e7 e realizam ao próprio tempo a idéia de eliminar a defesa do mesmo: 2...Rxe7 3.Tg7+ Re8 4.Cf6#! 1-0


Alekhine,A - Colle,E

Paris, 1925

A situação parece tranquila e equilibrada e nada faz pressagiar um arremate rápido. Pois se produz de repente um sacrifício de dama totalmente inesperado e o rei das pretas se acha em uma rede de mate pouco habitual porque está formada em grande parte por suas próprias peças. 1.Dxd7! Txd7 2.Te8+ Rh7 3.Tcc8 a dama preta ocupa o pior lugar possível 3...Td8 com a última esperança de liberar a casa para o rei preto graças ao xeque de dama em c1. 4.Texd8 1-0



Kasparov,G - Karpov,A

Moscou - Campeonato Mundial, 1985

1.Dxd7!! Segundo a combinação Alekhine-Colle que o leitor já conhece. Para Kasparov é Alekhine seu ídolo. 1...Txd7 2.Te8+ Rh7 3.Ae4+ as pretas abandonaram. Este sacrifício de dama teve um papel mais importante que a vitória na partida. A pontuação do encontro estava igualada, pois minha moral se achava em alta e perdi a forma definitivamente. Ao término deste encontro cedi minha coroa a Garry Kasparov. A isso se chama não vê o sacrifício de dama a tempo... 1-0

Tal,M - Suetin,A

Tbilisi, 1970

Ao atacar a dama branca com um de seus peões, as pretas esperavam sair do tranco, pois ... 1.Dxe5! Tal troca sua dama pela única peça preta ativa e demonstra agora a força do par de bispos colaborando com duas torres muito bem situadas. 1...dxe5 2.exf7+ e as pretas abandonaram. 2...Rd7 as brancas ganhavam da seguinte forma. [2...Rf8 3.Ah6#] 3.Af5+ Rc6 4.Ae4+ Cd5 5.Axd5+ Rd7 6.Axa8+ Re7 7.Ag5+ Rf8 8.Ah6+ Re7 9.f8D+ 1-0


Fischer - Tal

Bled, 1961


A situação das pretas é desesperadora. Para impedir Ad3-h7, as pretas jogaram 1...e5 2.fxe5 [esperando trocar as damas. As brancas aceitam o intercâmbio, pois dão sua dama por... uma torre! 2.Dxe5+ Dxe5 3.fxe5 Txg7] 2...Txf6 3.exf6 Dc5 4.Axh7 Dg5 5.Axg8 Dxf6 6.Thf1 Dxg7 7.Axf7+ a vantagem das brancas é grande demais e Fischer realizou sem problemas o ganho do ponto. 7...Rd8 8.Ae6 Dh6 9.Axd7 Axd7 10.Tf7 e o resto da questão é técnica. 1-0



Reti - Tartakower

Viena, 1910

O sacrifício de dama, atraindo o rei preto para a casa d8, onde levará um mortal xeque descoberto e duplo. 1.Dd8+ Rxd8 2.Ag5+ Re8 [2...Rc7 3.Ad8#] 3.Td8# 1-0


Geller,E - Karpov,A

Moscou, 1976


É uma situação divertida; as brancas efetuam uma jogada forte vencedora, pois ao mesmo tempo única. Em todas as demais continuações brancas, há intercâmbio e as pretas obtém uma grande vantagem material. "Justo depois de jogar minha dama em e8, vi a combinação de meu adversário, pois não podia evitá-la"- Disse Karpov. Geller estava em uma terrível falta de tempo, pois no último momento resolveu sacrificar sua dama! 1.Dxe6!! fxe6 2.Cfg6+ Dxg6 3.Cxg6+ Re8 4.Cxh8 a combinação das brancas é vencedora. Os intentos de Karpov de freiá-las foram em vão. 4...Ta4 5.Td1 Ce7 6.Axe7 Rxe7 7.Cg6+ Rf7 8.Cf4 Axe5 9.dxe5 Txf4 10.Tc1 e as brancas vencem. 1-0

Kasparov - Petrosian

Tilburg, 1981


Uma combinação nem sempre se baseia em um só sacrifício. Da mesma maneira isto é válido para o sacrifício de dama. O exemplo acima primeiro se entrega a dama e em continuação outra peça. 1.Dxd5+! exd5 2.Axd5+ Ra7 3.Txa6+! Rxa6 4.Ta3+ e mate na jogada seguinte. O final é excepcionalmente raro entre jogadores de elevada categoria e por este motivo não passou "de encenação". Pois Petrosian havia impedido o sacrifício duas jogadas antes com uma sutil manobra. 1-0



Kotov - Bondarevsky

Leningrado, 1936

Primeiro se bloqueia a casa de fuga do rei branco f4 com um sacrifício de peão. 1...f4+! 2.Cxf4 depois se deu mate em sua majestade mediante. 2...Df2+ 3.Rd3 Dxd4+! 4.Rxd4 Ac5+ 5.Rd3 Cxe5# 0-1



Petrosian - Pachman

Bled, 1961

1.Dxf6+!! Rxf6 2.Ae5+ Rg5 3.Ag7! as pretas abandonaram diante do iminente mate. 1-0


Kasparov - Tal

Moscou, 1983

A posição resultante é o epílogo de uma original análise de uma variante da partida por Kasparov. a jogada 1...Cf3+ , que com antecipação é possível a refutação do branco com um sacrifício de dama e torre: 2.Dxf3! Dxf3 3.Ca5+ Rxa8 4.Tc8# 1-0



Euwe - Keres

Match - Holanda, 1940

Um exemplo de qualidade. A manobra que o jovem Keres arremata o jogo a seu favor, é muito elegante. Com a última jogada f2-f4 Euwe tratava de reforçar a posição do seu bispo com f4-f5. O ponto de partida da combinação de Keres foi a potente posição do bispo b7 e a ausência de adversário para o bispo f6. 1...d3!! as pretas calcularam já o sacrifício da dama e com tal idéia efetuam este bonito avanço. 2.Txd3 [2.Dg4? Dd4+ 3.Tf2 Axg2 4.Rxg2 De4+ ganhando.] 2...Dxd3!! 3.Dxd3 Ad4+!


O preto sacrificou a dama e um peão por torre e bispo, para colocar o rei branco numa situação incômoda. 4.Tf2 [depois de 4.Rh1 (ou Ce3) 4...Txe6 o branco não pode evitar a cravada. O esforço de coorperação da trecendente parelha de bispos e a posterior dobrada das torre, rompem rapidamente a defesa do branco. Portanto a próxima jogada do branco é forçada.] 4...Txe6 5.Rf1 Tae8! o bispo d4 é mais forte que a torre em f2! 6.f5 Te4 7.f6 gxf6 8.Td2 Ac8! 9.Cf4 Te3 10.Db1 Tf3+ 11.Rg2 Txf4! 12.gxf4 Tg8+ 13.Rf3 Ag4+ e as pretas abandonaram. Não é possível passar a coluna "g", pois se perde a dama, e 14.Re4 Te8+ 15.Rd5 Af3+ leva mate. 0-1



 Keres - Spassky

Gotemburgo, 1955
A jogada inesperada, para o preto 1.Dxg7+! obriga a abandonar. Depois de 1...Rxg7 2.Cxd7+ Rg8 3.Cf6+ Rf7 [3...Rh8 4.Cxe8+] 4.Cd5+ e o branco manteria um bispo de vantagem. 1-0



Lasker,Edward - Thomas,G [A80]

Londres, 1911



Vamos analisar uma partida entre Edward Lasker e George Thomas que foi disputada em 1911. Ela iniciou-se tranquilamente. 1.d4 f5 2.Cf3 e6 3.Cc3 Cf6 4.Ag5 Ae7 5.Axf6 Axf6 6.e4 fxe4 7.Cxe4 b6 8.Ad3 Ab7 9.Ce5 0-0 Agora vem o sinal de ataque: [as pretas evitam jogar o lance 9...Axe5 achando que podem safar-se do lance 11.Cxf6+ jogando 12....gxf6. Mas se elas soubesse o que estava por vir... ] 10.Dh5! De7

 11.Dxh7+!! Um sacrifício desconsertante. As brancas entregam a dama em troca de um peão fazendo com que o rei preto tenha que dirigir-se para o outro lado do tabuleiro onde terá uma morte inglória. 11...Rxh7 12.Cxf6+ Rh6 se o rei tivesse recuado para a casa h8 a partida terminaria imediatamente com 13.Cg6 mate. 13.Ceg4+ Rg5 14.h4+ Rf4 15.g3+ Rf3 16.Ae2+ Rg2 17.Th2+ Rg1 esta casa geralmente abriga o rei das brancas, mas o rei das pretas está fadado a perecer alí. 18.Rd2# 1-0



Keres - Petrosian

Bled, 1959

Golpe inesperado. 1...Dxf4+!! desvia a dama inimiga da defesa de g1 e permite dar mate. A 2.Dxf4 segue 2...Th1 mate. 0-1



Petrosian - Spassky

Campeonato do Mundo  - Moscou (10), 1966

A posição do diagrama(é resultado de um complicado jogo combinativo) foi predeterminado por Petrosian. Escolhemos como ilustração do motivo que se baseia nas particularidades "geométricas" das peças. Se o rei preto estivesse em h8, o branco poderia ganhar a dama e a torre com a ajudo do duplo de cavalo. Se pode realizar com um elementar sacrifício de atração, exatamente um sacrifício aparente. 1.Dh8+ Rxh8 2.Cxf7+ Rg7 3.Cxg5 o branco tem ganho a torre, tem simplificado a posição e tem um cavalo a mais. 1-0


Karpov,A - Chandler,M

Bath, 1983

O bispo branco acaba de colocar-se em f3 e as pretas o expulsaram de lá com ...g4. Depois de Axe4, Axe4; Df2, f5 a luta haveria sido tensa. Pois o branco recuou imprudentemente o seu bispo a g2, deixando que o meu adversário jogasse uma elegante combinação. 1...Dxg2+!! 2.Rxg2 Cxg3! 3.Db5! Th6 4.Rg1 cxb5 0-1



Short,N - Miles,A

Londres , 1984


As brancas jogaram a3 e não ganharam até 25 jogadas mais tarde. Se viu muito depois que havia passado uma combinação fantástica com sacrifício de dama. 1.Cb6! durante o jogo e inclusive depois da análise os dois adversários estavam convencido de que esta tenaz jogada era impossível devido ao salto do cavalo 1...Ce2! pois mais tarde a partida se publicou em um periódico londrinense e um leitor desconhecido enviou uma surpreendente variante com sacrifício de dama 2.Df8+!! [2.Axe2 Dxd1+ 3.Axd1 Tc1#; 2.Cxd7 Tc1+ 3.Txc1 Txc1#] 2...Rxf8 [2...Txf8 3.Cxd7] 3.Cxd7+ Rg8 4.Axe2 este magnífico final havia concluído dignamente o campeonato da inglaterra que jogava pela primeira vez o mais jovem grande mestre do mundo, na época, futuro aspirante a coroa, Nigel Short. Por desgraça, o sacrifício de dama se deixou entre os bastidores e esta combinação completamente original não teve lugar. 1-0



Alekhine - Lasker

Zurich, 1934

A partida chegou a uma rápida conclusão mediante 1.Dxg6!! Depois de 1...hxg6 2.Th3+ Ch6 3.Txh6# 1-0



Duekstein - Johannessen

Moscou, 1956

1.Cf6+ Rh8 2.Dxg7+ Rxg7 3.Ce8+ Rg6 4.Cxd6 com vantagem decisiva. 1-0



Simagin - Abramson

URSS, 1960


1.Dh6! Axh6 2.Txh6 g5[] (ameaçava 3. Th8+ Rg7 4.T1h7 mate) 3.Th8+ Rg7 4.T1h7+ Rg6 5.Ad3+ Ce4 6.Axe4+ f5 7.Tg7# 1-0



Alekhine - Aficcionado

Trinidad - Sessão de Simultânea, 1939

O peão d7 está desprotegido e atacado duplamente. Pois de um modo brilhante Alekhine acha uma combinação decisiva. 1.Tc8! como antes o peão está atacado e o preto controla a casa c8. Entretanto depois de 1...Txc8 [1...Dxd7 o segundo jogador recebe um mortal xeque de "raio x" 2.Df8+ Txf8 3.Txf8#] 2.De7!! após este lance toda a resistência é inútil. E as pretas abandonaram. 1-0



Mecking - Rocha

Mar del Plata, 1969

Uma bonita combinação de desvio, feito com o sacrifício de dama. Uma obra genial do nosso Mequinho. 1.Tb1+ Ra7 2.Dd4+!! um sacrifício de dama decisivo. 2...Dxd4 3.Cxc6# 1-0



Smoliar - Fagard [B02]

Liege, 1961



1.e4 Cf6 2.e5 Cd5 3.c4 Cb6 4.c5 Cd5 5.Cc3 Cxc3 6.dxc3 d6 7.Db3 dxe5 8.Ag5 Dd7 9.Ac4 Df5 10.Td1 Cc6 11.Ad5 Cd8 12.Ch3 Dg6 13.c4 c6 14.Af3 Axh3 15.gxh3 Dxg5?

[>=15...e4] 16.Dxb7! prático sacrifício de dama que decide a luta. 16...Cxb7 17.Axc6# 1-0



Vilar López - Regan,N [B04]

Saint Vincent, 1999



1.e4 Cf6 2.e5 Cd5 3.d4 d6 4.Cf3 dxe5 5.Cxe5 g6 6.Df3 Ae6 7.c4 Cb4 8.d5?! [>=8.Dxb7!?] 8...Cc2+ 9.Rd1 Cxa1 10.Cd2 Af5 11.Ad3 Dd6 12.Cxf7?! Rxf7 13.g4 Re8 [13...Cd7!] 14.gxf5 gxf5 15.Axf5 Cd7 16.Ce4 Db6 17.Dh5+ Rd8 18.Cg5 Cf6 19.Cf7+ Re8

20.Cd6+ Rd8 21.De8+ não pode faltar o sacrifício temático de dama. 21...Cxe8 22.Cf7# o esquema final se converte em mate de Bird. 1-0



Abrahams - Thynne

Liverpool, 1932



POR ENCAMINHAMENTO DO REI CONTRÁRIO Estes casos são muito frequentes e instrutivos.

As brancas sacrificam a dama para dar mate. 1.Dg8+! Rxg8 2.Cg6 ameaça de mate imparável. 1-0