segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

COMO ERRAMOS NO XADREZ

KASPAROV FRENTE AO ERRO!

Garry Kasparov e Arnold Schwarzenegger
Dois grandes que reconheceram o valor majestoso do erro!

 




"O Maior Erro na Vida é o de Ter Sempre Medo de Errar"
E. G. Hubbard


O Professor e MI Boris Slotnik escreveu este texto abaixo na revista Jaque há alguns anos e o traduzi para os leitores deste blog, cujo objetivo é ajudar o jogador e o treinador de xadrez, a analisar os seus erros mediante uma classificação simples, buscando os casos mais típicos e frequentes da prática de torneios excluindo aqueles cometidos no apuro de tempo.


1- FALTA DE CONCENTRAÇÃO

O campeão do mundo Gari Kasparov fala freqüentemente que no xadrez a capacidade de concentração tem um papel importantíssimo. A prática de torneios demonstra que com estes tipos de erros estão relacionados as falhas mais trágicas na história do xadrez. Em certo sentido, todos os erros tem sua raíz na falta de concentração ou com outras palavras, na falta de atenção, porque segundo a opinião de psicólogos esta é a regulação de todos os processos da mente humana. Parece que a falta de atenção tem duas formas básicas. A primeira está relacionada com o relaxamento, e os erros deste tipo ocorrem freqüentemente nas situações vantajosas e inclusive ganhas.

Petrosian,T - Korchnoi,V
Moscou, 1963
Esta é a primeira parte da partida que disputaram Petrosian e Korchnoi em moscou, 1963. Nela tem clara vantagem o campeão do mundo naquele momento. Assim escreveu Petrosian: " Durante muito tempo nas jogadas anteriores pensava que minha posição era ganhadora... Se o desenvolvimento anterior da partida não fosse tão positivo para mim, provavelmente jogaria nesta posição 1.Rf3, e poderia ganhar tempos por meios da famosa manobra de triangulação: Rf2-g2-h3, conseguindo deste modo chegar a mesma posição, pois em troca de um tempo das pretas. Tudo isto era o que eu tinha no cérebro, pois minha atenção estava distraída, estive obcecado na idéia principal: a captura do peão em h6. Por isso chegou um erro impensável: 1.Txh6?? . Não vi a ameaça f4-f3, creio que provavelmente foi porque a posição das pretas parecia estar indefesa". Depois de 1...f3 2.Tg6 Re8 as brancas se renderam. 0-1


A segunda forma de falta de atenção se relaciona com o cansaço, representa na realidade o preço psicobiológico do jogo para o enxadrista.

Botvinnik - Petrosian
Moscou, 1966
1.Tc3?? [menos claro era 1.Txd2 exd2 2.Td1 Ae3 3.Ae2 (3.c5? Ac2) 3...Ae4+ 4.Rh3 Rg7 5.Tf1; 1.Tce1! as brancas ganhariam a partida apesar de qualquer resposta de seu rival: 1...Td8 (1...Ad3 2.Txd2 exd2 3.Te5 ou Te8+; 1...Td3 2.g4 Ae6 3.h3; 1...Ab4 2.Txd2 Axd2 3.Ta1 Ad3 4.c5 e2 5.Axe2 Axe2 6.c6) 2.Txe3! Axe3 3.Txe3] 1...Ae4! e as pretas ganharam. Ao explicar seu grave erro, Botvinnik escreveu que esta partida era a sétima seguida, sem nenhum dia de descanso. A tarefa era muito difícil, inclusive para um jogador jovem(Botvinnik tinha naquele tempo 55 anos), ainda mais se tinha em conta que nas partidas anteriores ele se havia confrontado com Tal, Spassky, Stein, e que se jogava com o antigo controle de tempo: cinco horas diárias mais adiamento de partidas. 0-1


Para jogadores de primeira categoria e candidatos a mestres, além destas duas formas, é típico também desviar a atenção, o que na maioria das vezes deriva em graves conseqüências. Veja algumas mais comuns, onde os jogaores deixaram de fazer a jogada obrigatória. 1.e4 c5 2.c3 Cf6 3.e5 Cd5 4.Cf3 e6 5.d4 Cc6?

Exemplo na abertura 1 [B22]
[tinha que jogar >=5...cxd4 ] 6.c4 Cb6 7.d5 *


1.d4 Cf6 2.Cc3 c5 3.d5 g6 4.e4 Ag7?

Exemplo na abertura 2 [A43]
[>=4...d6] 5.e5 Cg8 os dois peões na quinta fila dão as brancas uma vantagem decisiva. *


2- FALTA DE CONHECIMENTO

Nenhum jogador, inclusive o campeão do mundo, não sabe tudo, por isso os erros deste tipo são inevitáveis. A raíz fundamental destas falhas têm uma estreita relação com a limitação de nossa memória. Isto se deve a que a memória humana conserva bastante bem os métodos, as formas e as conseqüências lógicas, pois muito pior a informação concreta. O desenvolvimento da teoria moderna de aberturas requer altas exigencias da memória do enxadrista. Por isso não é surpreendente que os erros de conhecimento concreto possa se ver com freqüência, não só nas partidas de aficcionados, mas também nas dos profissionais. 1.e4 c6 2.d4 d5 3.Cd2 dxe4 4.Cxe4 Cd7 5.Cg5 Cgf6 6.Ad3 Dc7?! 7.C1f3 e6 8.De2 h6? 9.Ag6!

Wolf - Epishin [B17]
Maringa, 1991
Apesar da sua experiência na a defesa Caro-Kann e de seu alto Elo(2615, naquele tempo), o GM Epishin caiu nesta famosa armadilha. depois de... 9...hxg5 10.Axf7+ Rd8 11.Cxg5 ... as brancas têm vantagem decisiva. Entretanto, para os jogadores de alto nível são mais típicas as imprecisões posicionais na abertura que ao longo influi negativamente no desenvolvimento de toda a partida. 1-0


1.e4 c5 2.c3 e6 3.d4 d5 4.exd5 exd5 5.Cf3 Cc6 6.Ab5 c4?

Karpov,A - Polgar,J [B22]
Linares
7.Ce5 Db6 8.Axc6+ bxc6 9.0-0 Ad6 10.b3! cxb3 11.axb3 Ce7 12.Aa3 Axe5 13.dxe5 Ae6 14.Dd4! Cf5 15.Dc5 h5 16.Cd2 f6 17.exf6 gxf6 18.Ab4 Rf7 19.Ta4! Dxc5 20.Axc5 e as brancas têm clara vantagem no final. *


Nas partidas entre jogadores sem títulos se pode encontrar grande variedade destes erros de conhecimento. Aqui temos alguns exemplos do último Campeonato Espanhol por Equipes(Cala Galdana, 1994): 1.e4 e5 2.Cf3 Cf6 3.Cc3 Cc6 4.Ac4?!

Vilar - Blásquez [C55]
Campeonato Espanhol por Equipes Cala Galdana, 1994
como é bem sabido a teoria pede, em vez de 4.Ac4?! o melhor é 4.Ab5 ou 4.d4. 4...Ac5?!



[>=4...Cxe4! 5.Cxe4 (5.Axf7+ Rxf7 6.Cxe4 d5-/+) 5...d5-/+ as pretas optaram por uma jogada indiferente.] *


Gómez,A - Gómez,J. C. [C68]
Campeonato Espanhol por Equipes Cala Galdana, 1994


1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.Ab5 a6 4.Axc6 dxc6 5.0-0 Ad6?! [>=5...f6; >=5...Dd6] 6.d4 f6?! [>=6...exd4] 7.dxe5 fxe5 8.Cxe5! e as pretas não têm compensação pelo peão perdido. *


Para os jogadores que querem conseguir o título de mestre é obrigatório saber a base tática de suas linhas nas aberturas. Pois, infelizmente e muito freqüentemente eles não sabem. Veja um exemplo com um dos melhores juvenil da Galícia, que durante anos jogou a variante Záitzev na Espanola: 1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.Ab5 a6 4.Aa4 Cf6 5.0-0 Ae7 6.Te1 b5 7.Ab3 0-0 8.c3 Ab7 9.d4 Te8

Exemplo na Abertura 3 [C88]
entretanto ele não era capaz de demonstrar ou responder, o que ocorre se a partida continua: 10.Cg5 Tf8 11.f4 , que representa a combinação mais evidente das brancas. Durante uma partida de torneio, inclusive para o jogador profissional, é muito complicado encontrar a idéia original do GM Záitzev: 11...exf4 12.Axf4 Ca5 13.Ac2 Cd5! 14.exd5 [14.Cxh7? Cxf4] 14...Axg5 15.Dh5 h6=/+ , com bom jogo para as pretas. Ë evidente que desconhecimento deste tipo podem provocar dolorosas derrotas. *


3-ERRO DE CÁLCULO

O cálculo de variantes é a capacidade que permite ao jogador analisar com efetividade as posições que desfilam por sua mente após considerar as conseqüências de tal ou qual jogada aspirante. Esta capacidade se baseia em três fatores principais: a imaginação, que permite sair da posição inicial; a memória operativa(de curto prazo), que leva a mente a trocas da posição inicial em forma de quadros intermediários; a atenção, que força e regula a intensidade e que comprova por demais a exatidão do cálculo. Ao contrário do cientista ou o pintor, o enxadrista t6em que exercitar sua imaginação durante o tempo limitado da partida real de torneio. Por isso é muito útil ter métodos individuais para forçar a imaginaçào de cada um.

Tal - Vasiúkov
Kiev, 1965
Durante 40 minutos, o gênio da combinação não foi capaz de encontrar as conseqüências do sacrifício 1.Cxg7! e ajudou a consegui-lo ...uma canção para meninos famosa na URSS, que se chama "como içar um hipopótamo do pántano". A partida seguiu: 1...Rxg7 [se 1...Cf4 2.Dd2!; 1...Axc4 2.Cxe6!] 2.Cd4 Cf4 3.Dg4+ Rh8 4.Cxe6 Cxe6 5.Dxe6 , com vantagem branca. Infelizmente as canções não são um remédio universal. Entretanto, o método para desviar a atenção, e inclusive a possibilidade de falar consigo mesmo durante o cálculo, merece atenção. *


 Os erros da memória operativa sào muito típicos nos jogadores jovens, carentes todavia de grande experiência.
Iglesias,F - Anca,J
Campeonato da Galícia Sub-16 Mondariz, 1994
apartir desta posição, se seguiu: 1.f5? e5 2.Ce6 e4 somente agora as brancas descobriram que em caso de 3.Cc7, jogada que havia planejado, segue 3...Te5, e depois de 4.Ce6 Ae6 5.fe6+ Re7 as pretas têm uma clara vantagem. *


As falhas de atenção nas partidas de jogadores profissionais sucede na maioria das vezes nas primeiras rodadas do torneio, quando o mecanismo enxadristico cerebral ainda não está suficientemente aquecido
Aqui petrosian aceitou empate, devido a seguinte variante: 1.Cxd5

Bobócov - Petrosian
Moscou
Mondariz, 1967
exd5 [1...Dxd5? 2.Axf6 Axf6 3.Th3 Axe2 4.Axh7+ Rh8 5.Ae4+; em caso de 1...Cxd5 2.Th3 Axe2 3.Axh7+ Rh8 4.Ae4+ com igualdade.] 2.Axf6 Axf6 3.Th3 Axe2 4.Axh7+ Rh8 5.Af5+ Rg8? [ Pois mediante: 5...Ah4 Petrosian poderia cobrir seu rei e ganhar a partida.] 6.Ah7+ , com xeque perpétuo. 1/2-1/2


4-ERRO DE SENTIDO

O sentido da posição é o núcleo, a essência, da maestria, por isso os erros deste tipo são relativamente pouco freqüente no nível profissional. Ao contrário, nas partidas de jogadores de primeira categoria e candidatos a mestre, este tipo de erro se pode observar com bastante freqüencia.na continuação veremos erros típicos para jogadores deste nível:

De La Fuente - Abella
Ferrol Mondariz, 1993
1...g4? [mediante 1...Rf8! , que diminui a pressão do trem branco Db3 e Ac4 sobre f7 devido a uma resposta preta 2....Ca5 e evitaria o perigo que supõe a abertura da coluna "e" com e4-e5, as pretas poderiam conservar um peão a mais e a vantagem posicional. Normalmente as jogadas deste tipo 1....Rf8! são difíceis para os jogadores de primeira categoria que estão acostumados a resolver quase exclusivamente os problemas concretos. ] 2.Cfd2 Dh4 3.Txf4 com clara vantagem branca na partida. *

Leira - Cruz
Santiago de Compostela Mondariz, 1993
Nesta posição seguiu: 1.Ac2? [>=1.Te1! daria as brancas clara vantagem, tanto depois de 1...Cxd3 (como depois de 1...Ce6 2.Dd2 f4 3.Te5) 2.Dxd3 f4 3.Te5 . Em geral, os jogadores de nível "candidatos a mestre" têm certa orientação no jogo posicional, pois freqüentemente seu jogo carece de elasticidade suficiente como para sair das decisões estereotipadas. Isto é o que sucedeu na partida com 1.Ac2?, "o bispo é mais forte que o cavalo".] 1...Ce6 2.Dd2 f4 3.g6 hxg6 com jogo equilibrado *


5- FALTA DE CRIATIVIDADE

Em certo sentido, todo conteúdo do jogo se pode dividir em duas partes: o conhecido e o novo. Pois segundo o nível e a experiência do jogador, o percentual destas partes são muitos diferentes. Para o aficcionado, o xadrez é como uma selva, já o contrário, para um jogador profissional, se parece a sua casa. Por isto vamos aqui ter em conta a definição de criatividade no sentido mais geral, é dizer, a qualidade de descobrir algo novo para seu nível atual. Há posições onde os grandes mestres e jogadores de nível modesto podem equivocar-se igualmente.

Svéshinikov - Bareev
Moscou, 1992
Esta posição surgiu depois de 1.e4 e6 2.d4 d5 3.e5 c5 4.c3 Cc6 5.Cf3 Ch6 6.dc5 Cg4?. A primeira vista as pretas têm que recuperar o peão entregado por causa da dupla ameaça em c5 e e5, que ocorre em posições semelhantes da Defesa Francesa, com o cavalo preto em d7, em vez de g4. Esse pequeno detalhe tem, entretanto, muitíssima importância. Svéshnikov jogou 1.Da4! agora as pretas poderiam abandonar, porque as brancas não somente têm um peão a mais, como também vantagem posicional. *


Em outro exemplo, as pretas chegaram a seguinte posição,as brancas achavam que ganhariam o bispo preto de maneira forçada, graças a seu par de peões passados. Pois não se deram conta de que aqui capturar o bispo não significa ganhar a partida.
Bueno - Ruiz
Campeonato Juvenil Espanhol Sant Feliú, 1994
1...e4 2.c5 e3! 3.cxd6+ Rd8 4.Ab5 a4 5.Rc5 a3 6.Rb4 a2 e as brancas abandonaram. *


 6- ERRO DE LÓGICA

Aqui tem de ter em conta os erros de sentido comum, que se pode dividir em dois grupos principais: O primeiro reflete nossas falhas, desde um ponto de vista do xadrez como um jogo. O segundo demonstra erros na lógica da luta. Vejamos um exemplo típico do primeiro grupo:

erro de lógica 1
Ao resolver este problema didático, inclusive ao encontrar a variante ganhadora. 1.Ah7+! Rh8 2.Axh6 Axh3 3.Axg7+ Rxg7 4.Dg6+ Rh8 5.Ag8!! alguns jogadores jóvens, começram seus cálculos por 1.Ah6, que representa um erro típico de lógica, porque depois de 1...Ah3 2.Ah7+ há também de calcular outra possibilidade das pretas(2...Rf7) e não importa que seja bom ou mau para as brancas, porque de todas as formas aumenta o volume de cálculos sem necessidade. *

 Szabo - Petrosian
Amsterdam, 1952
Muito frequentemente, os jogadores, inclusive profissionais, não são capazes de evitar aproveitar-se dos apuros de tempo de seu rival. Esta forma de jogar tem certo sentido nas posições inferiores, pois não tem nenhuma razão lógica nas situações vantajosas. Deste modo, o xadrez castiga aqules que jogam como ocorreu, por exemplo, nesta partida, que reflete a posição do diagrama. É evidente que as brancas têm vantagem clara não só devido a qualidade a mais, mas também pela maior mobilidade de suas peças. Entretanto, a partir daí o GM húngaro tentou aproveitar os apuros de tempo de Petrosian e começou a jogar sem aprofundar na posição. Continuou: 1.Td6?! [segundo Petrosian 1.Td1! seria mais forte por 1...Cxd5 2.Dxd5 Tf8 (2...Db8 3.Dd6) 3.De6+ De7 4.Dc8+ Rf7 5.Dc4+ Re8 6.Td5+/- com forte vantagem depois de 7.Tc5.] 1...0-0 2.Td1?! [2.Th4 Dc5 3.Tb4 conservaria a vantagem] 2...Dc5 3.Td8 Dxa3+ 4.Rb1 h5 5.Txf8+ Dxf8 6.De4?! (ou também Dd8+) 6...De7 7.Db4 Dc7 8.Dd6? Dxd6 9.Txd6 Cc4! e as pretas ganharam este final. 0-1


Outro erro típico, especialmente para os juvenis, é a intenção de jogar para ganhar sem ter em conta a situação real no tabuleiro.
Carrasco - Suares
Campeonato Juvenil da Espanha Sant Feliú, 1994
1...Cd4 que é um grave erro posicional porque aumenta a ação do Ag2. Na partida seguiu [Nesta posição, as brancas estão um pouco melhor graças a pressão do bispo em g2. Entretanto, mediante 1...Ad7 2.Ab2 (2.Cfe5? Cxe5 3.Cxe5 Ad4-+) e logo 2...Tac8 , as pretas poderiam conseguir equilíbrio. Pois as pretas queriam complicar o jogo a qualquer preço, e jogaram] 2.Cxd4 Axd4 3.Ta2 devido a ameaça 4.Td2 as brancas têm clara vantagem. *